• RSS
  • Add to favorites
  • Print
  • email
  • Twitter
  • Facebook
  • Orkut
  • Google Bookmarks
  • del.icio.us
  • Live
4/ 09/ 2010 | Categoria: Polícia

Polícia prende quadrilha de traficantes e detento comandava tráfico

Iremar comandava o tráfico de dentro do presídio - Foto: PC

Iremar comandava o tráfico de dentro do presídio - Foto: PC

Itumbiara/Goiás
Na tarde de ontem (03), foram presos por policiais civis, Keniffer Oliveira Teixeira e Iraci Ferreira de Oliveira, (tia e sobrinho respectivamente), em consequência de terem sido abordados pelos policiais quando viajavam de Minas Gerais para Goiás transportando drogas.

De acordo com a polícia Keniffer viajou para Ituiutaba/MG e lá adquiriu 7 kg de maconha prensada em forma de tijolos. Já de volta a cidade de Itumbiara, conduzindo um VW/GOL, cor branca, de sua propriedade, foi abordado e preso por policiais civis integrantes do GENARC/ITUMBIARA (GRUPO ESPECIAL DE REPRESSÃO A NARCOTICOS DA POLICIA CIVIL), que constataram tratar-se de tráfico de drogas. Após a prisão de Keniffer, o grupo de policiais encaminhou-se para a casa de Iraci e lá apreenderam mais 400 gramas de maconha.

Segundo a polícia o destino da droga seria o presídio regional de ‘Segurança Máxima Sarandi’, e a encomenda teria partido do detento Iremar Ferreira de Oliveira, de 24 anos, famoso assaltante em Itumbiara, que está preso ha mais de 5 anos. Conforme a polícia, ele era o dono da droga e chefe do bando. Os policiais apuraram ainda, que parte da droga seria revendida em Itumbiara e o restante os marginais tentariam infiltrar no interior do presídio, onde Iremar cumpre pena.

O trio formado por Iremar e Iraci (irmãos) e Keniffer (sobrinho), foram autuados em flagrante com base nos artigos 33 e 35 combinado com o art. 40, inciso IV, todos da Lei 11.343/06 (tráfico de drogas e associação para o tráfico, com causa de aumento de pena por se tratar de tráfico interestadual).

 

Fernando, Sirluce e Leandro autuados em flagrante - Foto: PC

Fernando, Sirluce e Leandro autuados em flagrante - Foto: PC

Pontalina/Goiás
Na última quinta-feira (02), policiais civis prenderam em flagrante Fernando Feitosa da Silva, Leandro Pires do Carmo e Sirluce Alves Resende de Sousa, (conhecida como Preta), acusados de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

De acordo com as investigações, Fernando Feitosa da Silva transportava cocaína e crack para a cidade de Pontalina e distribuía a droga para outros traficantes menores, entre eles o casal Sirluce e Leandro.

Fernando que já responde processo por associação ao tráfico foi surpreendido quando entregava a droga na residência do casal. O local é conhecido como ‘boca de fumo’. Com os detidos foram apreendidos 181 gramas de crack, 103 gramas de cocaína (entre porções já embaladas para o consumo e outras porções maiores que ainda seriam preparadas para a venda). Foram apreendidos ainda, uma balança de precisão, duas motocicletas, três aparelhos celulares, R$419,00 em espécie e um cheque no valor de R$330,00. (delegado Ricardo Chueire – Geralda Ferraz/PCGO com adaptações)


Nenhum comentário ainda!

Fechado a comentários!





10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

3/ 12/ 2013

Vai dar cadeia: no Brasil pode-se criticar tudo, menos os políticos e partidos

O texto aprovado pelos parlamentares não diferencia danos à imagem causados por um fato verídico ou provocados por mentiras   Brasília/DF –...

...continue lendo »

24/ 11/ 2013

Policiais Civis goianos em nota oficial fazem esclarecimentos sobre a greve à população

O GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS MENTE E ENGANA TODOS OS GOIANOS   Goiás/Brasil – O atual governo promete, não cumpre e mente, culminando nesta...

...continue lendo »

⇒ Posts Relacionados



⇒ Os Mais Vistos da Semana

  • No results available

⇒ Com a palavra: O Leitor

  • Carla: Tem que morrer, como disse o colega acima, bandido bom é bandido morto.
  • Gustavo Simplicio: Em 1997 aconteceu o mesmo no Ceará, o governador Tasso Jereissati (PSDB) mandou o GATE enfrentar os manifestantes, são todos...
  • Claudio: Morte a eles o mais rápido possível, alias bandido bom é bandido morto.
  • Felix Rodrigues de Moura: Dizem que esse Mesquita é o bambambam da segurança, pelo menos no papel, veio da Policia Federal. Agora vem o...
  • JOSÉ CARLOS: A Falta de efetivo na policia civil data de décadas, porém a atual situação em que se encontram agentes e escrivães se tornou...


⇒ Foi Notícia...


10.02.2010 | 11:19

Depois do carnaval a ressaca. Contribuintes devem entregar declaração do IR 2010 a partir do dia 1º de março
Prazo para entrega da declaração de ajuste anual vai até 30 de abril   Brasília/Brasil – A Secretaria da Receita Federal publicou nesta...

...continue lendo »



Notcias Atualizadas



Denuncie o trafico internacional de mulheres Diga NAO as drogas Pedofilia e crime - DENUNCIE Denuncias anonimas Delegacia Virtual

Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria interessada ou a da administração pública. Nenhum estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão, ou da mentira que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana quanto mais a de uma nação. (Decreto nº 1171/1994)