• RSS
  • Add to favorites
  • Print
  • email
  • Twitter
  • Facebook
  • Orkut
  • Google Bookmarks
  • del.icio.us
  • Live
3/ 12/ 2010 | Categoria: Cotidiano

Tragédia na Bahia: Colisão entre van e ônibus deixa dez mortos

Van que levava 15 pessoas ficou completamente destruída - Foto: Reprodução/A Tarde

Van que levava 15 pessoas ficou completamente destruída - Foto: Reprodução/A Tarde

O ônibus da empresa São Luiz, que seguia com destino a Salvador, colidiu com uma van que também transportava passageiros

Senhor do Bonfim/BA Um acidente, na manhã desta sexta-feira (03), envolvendo um ônibus da empresa São Luiz, que fazia a linha Senhor do Bonfim – Ponto Novo, e uma van, que vinha da cidade de Cansanção com destino a Senhor do Bonfim, deixou 10 mortos e outros dez feridos. Os acidentados foram atendidos, medicados e liberados, à exceção do motorista da van, José Andrade, que se encontra em estado grave, e Claudinei F. da Silva, que teve fraturas na face e ombro. Ambos foram transferidos para o Hospital do Trauma de Juazeiro.

Ônibus que teria provocado a tragédia; motorista fugiu - Foto: Reprodução/A Tarde

Ônibus que teria provocado a tragédia; motorista fugiu - Foto: Reprodução/A Tarde

A colisão aconteceu no Km 129 da BR-407, próximo à entrada do município de Senhor do Bonfim, por volta das 8h55min. De acordo com informações da PRF, o acidente foi provocado após o motorista do ônibus desviar de uma moto que saía em baixa velocidade de um atalho que dá acesso à via principal. A manobra brusca teria culminado com a batida frontal entre ônibus e van. O motorista do ônibus fugiu do local.

Corpos resgatados no meio dos destroços da van - Foto: Reprodução/Correio24horas

Corpos resgatados no meio dos destroços da van - Foto: Reprodução/Correio24horas

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os mortos estavam na van, de placa, HLP 7418, que levava 15 pessoas. Entre os mortos estão Francineide Araújo Andrade, Miguel Peixe da Silva, Naubert Alexandre Araújo Silva, Lídia Pinheiro da Silva, Adeilso Mendes Pereira, Alberto Alves da Silva, Doralice Pereira Roque, José da Silva, José Cordeiro Oliveira e Maria Ângela Oliveira Silva.

No Hospital Regional de Senhor do Bonfim foram atendidas nove vítimas do acidente, sendo que quatro delas já foram medicadas e liberadas. As outras cinco permanecem internadas. Elas foram identificadas como Luís Miguel, Cristiane Gonçalves, Aélcio Almeida, Claudine Santos e José Andrade.

Vítimas sendo socorridas pelos bombeiros. Saldo de dez mortos e dez feridos - Foto: Reprodução/Correio24horas

Vítimas sendo socorridas pelos bombeiros. Saldo de dez mortos e dez feridos - Foto: Reprodução/Correio24horas

Destas cinco pessoas, duas continuam na unidade de saúde e as outras três precisaram ser transferidas para a cidade de Juazeiro.

Os feridos são das cidades de Filadélfia, Ponto Novo e Cansanção. (A Tarde online/Correio24horas com adaptações)


Nenhum comentário ainda!

Fechado a comentários!





10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

10/ 12/ 2013

Amigos internautas aguardem as novidades

Pedimos desculpas pelos transtornos, pois estamos em reconstrução de nossas páginas para melhor informar.   Já no inicio do ano de 2014 estaremos...

...continue lendo »

3/ 12/ 2013

Vai dar cadeia: no Brasil pode-se criticar tudo, menos os políticos e partidos

O texto aprovado pelos parlamentares não diferencia danos à imagem causados por um fato verídico ou provocados por mentiras   Brasília/DF –...

...continue lendo »

24/ 11/ 2013

Policiais Civis goianos em nota oficial fazem esclarecimentos sobre a greve à população

O GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS MENTE E ENGANA TODOS OS GOIANOS   Goiás/Brasil – O atual governo promete, não cumpre e mente, culminando nesta...

...continue lendo »

⇒ Posts Relacionados



⇒ Os Mais Vistos da Semana

  • No results available

⇒ Com a palavra: O Leitor

  • Carla: Tem que morrer, como disse o colega acima, bandido bom é bandido morto.
  • Gustavo Simplicio: Em 1997 aconteceu o mesmo no Ceará, o governador Tasso Jereissati (PSDB) mandou o GATE enfrentar os manifestantes, são todos...
  • Claudio: Morte a eles o mais rápido possível, alias bandido bom é bandido morto.
  • Felix Rodrigues de Moura: Dizem que esse Mesquita é o bambambam da segurança, pelo menos no papel, veio da Policia Federal. Agora vem o...
  • JOSÉ CARLOS: A Falta de efetivo na policia civil data de décadas, porém a atual situação em que se encontram agentes e escrivães se tornou...


⇒ Foi Notícia...


02.05.2012 | 10:39

Tomei banho de ‘Cachoeira’ e acabei na lama; governadores na alça de mira da CPI
Foto: Reprodução/MSN Brasília/DF – Governistas e oposição vão travar hoje (02) sua primeira grande batalha na Comissão...

...continue lendo »



Notcias Atualizadas



Denuncie o trafico internacional de mulheres Diga NAO as drogas Pedofilia e crime - DENUNCIE Denuncias anonimas Delegacia Virtual

Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não pode omiti-la ou falseá-la, ainda que contrária aos interesses da própria interessada ou a da administração pública. Nenhum estado pode crescer ou estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, da opressão, ou da mentira que sempre aniquilam até mesmo a dignidade humana quanto mais a de uma nação. (Decreto nº 1171/1994)